Responder a uma vocação é sempre um grande desafio

Compartilhe essa Pagina

Caro internauta, quero iniciar este artigo com uma passagem bíblica muito conhecida por todos nós: “Caminhando à beira do mar da Galileia, Jesus viu Simão e o irmão deste, André, lançando as redes ao mar, pois eram pescadores. Então, disse-lhes: ‘Segui-me, e eu farei de vós pescadores de homens’. Imediatamente, deixando as redes, eles o seguiram” (cf. Mc 1,16-18).

Estamos diante de uma das passagens bíblicas que melhor traduz a expressão latina “vocare”, a qual, comumente, é traduzida para o português como “vocação”. Expressão que, em latim, significa também “chamado”. Essa narrativa que se passa à beira-mar, certamente, faz parte da vocação de muitos homens e mulheres que, ouvindo o chamado de Deus, ofertaram sua vida pela causa do Evangelho.

Quero, mais uma vez, chamar à atenção para o local em que essa narrativa aconteceu: uma praia. É justamente nesse ambiente que acontece algo impressionante. Você já reparou que o traje de banho usado na praia por um rico diretor de uma multinacional é muito semelhante, se não o mesmo, usado por um morador de uma comunidade mais carente?

Na praia, a diferença entre ricos e pobres, pelo menos no aspecto visual, fica bastante reduzida. É um ambiente em que as roupas de gala, as joias caríssimas e o status social não são levados em consideração. Ricos e pobres disputam o mesmo espaço na areia e buscam mergulhar no mesmo mar. O mar não é mais quente ou mais frio para o rico ou para o pobre, não privilegia ninguém.

A vocação é um chamado gratuito de Deus que alcança a todos. Não podemos ter medo de dizer sim

Fiz essa breve reflexão para afirmar que o chamado de Deus não está baseado em condições prévias. Deus não chama uma pessoa porque é rica ou pobre, tem bens ou não. Ele não chama pessoas tendo em vista sua eloquência na fala ou em sua capacidade intelectual. Deus simplesmente chama. O chamado é gratuito, é pura graça.

Já ouvi, em atendimentos, pessoas afirmarem que Deus chama apenas os mais preparados, aqueles que são especiais. Trata-se de um grandíssimo equívoco! A título de exemplo, cito um fascinante personagem do Antigo Testamento, o profeta Amós.

Amós era um homem extremamente simples, de origem rural. Era um modesto pastor de ovelhas, um boiadeiro, alguém que colhia sicômoros, um tipo de figo de baixa qualidade. Esse homem sequer almejava ser profeta, aliás, sequer havia recebido qualquer formação para tal. No entanto, Deus o chamou.

Por meio da profecia e da autoridade que Deus dava a ele, Amós censurou a condição social, moral e religiosa de sua época. Ele viveu num período em que os ricos procuravam enriquecer ainda mais, a imoralidade estava num nível abominável e a idolatria era considerada algo corriqueiro, enquanto que os verdadeiros fiéis a Deus eram ridicularizados por sua prática religiosa. Em suma, estava acontecendo, naquela época, o que ainda acontece hoje.

Da mesma forma que Deus suscitou o boiadeiro Amós, o jovem Davi, o gago Moisés, o medroso Elias, o desconfiado Tomé, o imaturo Jeremias (…), Ele também quer levantar no nosso meio verdadeiros e destemidos profetas, profetas de todos os tipos: jovens, estudantes, professores, advogados, industriais, padeiros, religiosos, você.

Aprendamos a ouvir Deus e a dizer sim a Ele

Pode acontecer de nós termos uma ideia errônea da missão de um profeta. Tendemos, talvez, a pensar que o profeta é alguém que adivinha o futuro, que usa roupas estranhas, mas isso não é uma verdade. Profeta é aquele que se coloca como um instrumento para que Deus, por meio dele, possa falar ao seu povo. Profeta, portanto, é aquele que intermedeia o que Deus quer dizer.

Portanto, caro internauta, se você sente que Deus o chama, não tenha medo de dizer ‘sim’. Já imaginou se João Batista tivesse dito ‘não’ ao chamamento de Deus? Já imaginou se Ezequiel não tivesse denunciado, em sua época, a rebeldia e os graves pecados que o povo de Deus estava cometendo? O Senhor está dizendo para você no dia de hoje: “Não Temas, eu estou contigo” (cf. Jer 1,8).

Deus abençoe você e até a próxima!

Canção Nova

Mais Artigos

NOTÍCIAS

Os parabéns ao Papa na festa de São Jorge

Salvatore Cernuzio – Vatican News As felicitações de todo o mundo estão se multiplicando nestas horas para o Pontífice argentino, Jorge Mario Bergoglio, no dia