O Papa a Granadeiros da Sardenha: vocês ajudam as pessoas a serem bons cidadãos

Compartilhe essa Pagina

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
Share on whatsapp

O Santo Padre recebeu, na manhã deste sábado (11/6), na Sala Paulo VI, no Vaticano, cerca de 500 Soldados, homens e mulheres, que trabalham para a segurança e proteção da mobilidade na capital italiana.

Em sua saudação aos numerosos presentes, o Papa exprimiu seu apreço pela operação “Ruas Seguras”, que monitora áreas e alvos sensíveis, como locais institucionais e diplomáticos, aeroportos, estações ferroviárias, metrô, lugares de arte, culto e interesse religioso.

Importante serviço prestado também à Santa Sé

Desta forma, disse Francisco, vocês asseguram uma presença diária no território da capital, promovendo uma sensação de tranquilidade entre a população. Por isso, expressou-lhes seus sinceros agradecimentos pelo discreto e importante serviço que eles também prestam à Santa Sé, em conjunto com as Forças de segurança, para a salvaguarda da ordem pública. E acrescentou:

Seu trabalho em torno da Cidade do Vaticano contribui para o bom andamento de eventos que, durante todo o ano, atraem peregrinos e turistas do mundo inteiro. Trata-se de uma atividade que exige disponibilidade, paciência, espírito de sacrifício e senso de dever. Sei que este tipo de trabalho, às vezes, é muito cansativo, mas também muito útil para a coletividade, que o agradece e aprecia”.

Profissionalismo e o sentido de responsabilidade

Com este tipo de trabalho diário, recordou Francisco, vocês correspondem com a confiança e estima das pessoas. Por isso, encorajou os soldados a serem promotores da solidariedade, tanto no seu trabalho como na vida pessoal e social, ajudando as pessoas a se comportar como bons cidadãos. E afirmou:

O profissionalismo e o sentido de responsabilidade, dos quais vocês são testemunhas no território, expressam e reforçam o sentido de pertença ao corpo social, como também do Estado e do bem comum. No cumprimento da sua missão, possa acompanhá-los sempre a consciência de que todas as pessoas são amadas por Deus e, como suas criaturas, merecem respeito. Que a graça do Senhor ilumine seu espírito de trabalho, para que vocês possam vivê-lo com maior atenção e dedicação”.

Colaboração na prevenção e combate à criminalidade

Neste sentido, o Santo Padre recordou que, nos últimos anos, o trabalho diário do Exército italiano, no contexto urbano, tornou-se uma realidade ainda mais viva e confiável: proximidade com as pessoas, colaboração na prevenção e combate à criminalidade, apoio às atividades concernentes às situações particulares de emergência. Trata-se de um serviço importante, que prestam ao país, que também contribui para um ambiente mais seguro.

Por fim, Francisco expressou, mais uma vez, sua gratidão pelo precioso serviço que prestam durante as saídas do Vaticano, por ocasião de alguma Viagem apostólica ou visitas a paróquias ou comunidades. Assim, Francisco confiou o trabalho destes soldados à proteção materna de Nossa Senhora, a quem podem sempre recorrer, sobretudo nos momentos de cansaço e dificuldades.

Vatican News

Mais Artigos