Qual é o seu impossível?

Todos temos um ou muitos impossíveis pelos quais rezamos a Deus constantemente. Existem impossíveis que até desistimos de rezar ou de pedir a Deus, de tão impossível que nos parece. Pode ser a conversão de um familiar, a reconstrução de um casamento em pedaços, uma cura física ou psicológica. Pode ser a quitação de uma ou mais dívidas. Pode ser uma causa na justiça. Meu Deus, são tantas coisas! A Palavra de Deus, no entanto, nos garante: “Para Deus nada é impossível!”.

Precisamos, então, de mais fé. Para aumentar a fé, é preciso pedi-la, pois a fé é um dom de Deus (Efésios 2). A oração, a Palavra de Deus, o conhecimento dos dogmas e dos milagres já registrados em nossa Igreja, com certeza, alimentam nossa fé. Sabe outra coisa que alimenta a nossa fé? O testemunho!

Tocar no testemunho de alguma pessoa que experimentou um impossível se realizando reabastece a fé dos cristãos, reabastece a nossa fé.

Em um retiro interno da comunidade em que vivo, Canção Nova, ouvi um testemunho de um irmão sobre tocar no impossível.

Ele estava na adolescência, seus 14 anos, uma vida conturbada, cheia de erros e vícios. Subiu em uma árvore, alcançou um fio elétrico de alta tensão. A força o puxou e ele estava à beira de ser eletrocutado, indo em direção à caixa elétrica mais acima, sem poder voltar. Mas acredite, ele viu, neste momento, uma mulher de roupa preta. Ao vê-la, foi solto imediatamente da força elétrica que o puxava. Caiu, teve alguns danos físicos, porém, foi salvo do mal maior.

Ele nunca tinha visto aquela mulher. Ficou intrigado e o tempo passou. Conheceu pessoas que o levaram para Deus, teve um encontro pessoal com Jesus Cristo em sua vida, deixou os vícios e o caminho errado. Começou a ir para a Igreja. Entrando em uma sala na paróquia que começou a frequentar, viu uma imagem de uma mulher vestida de preto. Perguntou: “Quem é esta?”. Responderam-lhe: “Santa Rita de Cássia”.

Ali, naquele momento, ele a conheceu. Lembrou: “Foi essa mulher que apareceu para mim quando fui salvo de ser eletrocutado”. Ele não a conhecia, não sabia nada a respeito dela, mas ela sabia a respeito dele. Ali, naquele momento, ela foi enviada por Deus para socorrê-lo.

Todos temos questões que achamos impossíveis de acontecer, mas precisamos lembrar que para Deus nada é impossível

Esta foi uma intervenção de Santa Rita de Cássia, considerada a santa das causas impossíveis ou, como podemos chamar na linguagem das crianças, a santinha das causas impossíveis. Não importa a idade, se na infância, adolescência ou na fase adulta, o Céu sempre se manifesta a nosso favor.

Penso, às vezes, como seria se tivéssemos olhos espirituais para ver o que acontece ao nosso redor no dia a dia. Veríamos o nosso Anjo da Guarda nos livrar de inúmeros perigos do corpo e da alma. Veríamos os santos e santas de Deus intercederem por nós em tantas e tantas situações. Veríamos a luta do bem contra o mal, e veríamos que Deus tem a vitória. Precisamos é confiar.

Se não vemos ainda, precisamos então crer. O Céu está ao nosso lado agora. Creia, tome posse e se arme de olhos espirituais para combater o combate de cada dia. Afinal de contas, “Se Deus é por nós, quem será contra nós?”.

Santos e santas de Deus, rogai por nós!

Desafio da semana: Procure conhecer a história de algum santo ou mais da nossa Igreja e descubra que eles não viveram num mar de rosas, porém, acreditaram, verdadeiramente, no Deus do Impossível, que age a todo momento. Se tiver filhos, conte a eles as histórias dos santos. Com certeza, isso fará uma grande diferença em sua vida!

Canção Nova